Escrever para mim. E por mim.

Ela era uma menina que chovia. Chovia por dias a fio e por noites a dentro. Às vezes chovia por sobre seus sapatos e suas folhas de desenhar. Chovia por entre as ruas, chovia no quintal, no ônibus de passear. Chovia sem querer, de leve e ininterruptamente. Levava tanto jeito que começou a achar que era um dom, esse, de fazer pingar. Começou a aceitar sua chuva e a chover com mais ternura, fez florir e fez regar, e há quem diga que até fez sorrir. Que fazer sorrir era também um dom de quem sabia chover. Trazia nuvens para perto como pássaros que viessem cantar em suas mãos. Era um modo de estar em todos os lugares, e fazer chover era o único modo que sabia de aumentar presenças e de encurtar distâncias.
Fonte (arte e texto) Diana Pedott


            Depois de tanto tempo, o Heider disse que me mandou um e-mail. Era uma crítica nova, para o blog.
Então resolvi olhar os outros e-mails e havia comentários não publicados ainda na minha última postagem. Aquela em que derramei todo o peso que estava nas costas. Não é que o peso tenha sumido, as coisas só mudaram. Mais atividades, mais afazeres, menos tempo e mais organização.
Mas agora estou aqui, com uma serenidade que era impossível ser sentida antes.
Sem culpa, sem cobrança. Sem peso. Aqui, literalmente. Não é como se tudo tivesse melhorado da noite para o dia, e tenha se transformado em um conto de fadas (sonhemos).
Talvez eu volte para o castelo. Talvez eu poste vez ou outra, talvez os membros do conselho postem. Muito embora eu não vá procurar por comentários, não vá sofrer caso ninguém apareça por aqui. Escreverei para mim. Por mim. Quando quiser e quando tiver vontade.
Parcerias são alegria infinitas em doses homeopáticas vindas pelo correio. Posso sobreviver sem isso, e sem prazos e sem decepções. Talvez passe pelos reinos vizinhos, gosto de ler o que escrevem por ai. Só que eu posso demorar a ir, e a voltar.
É isso. Serena, leve. Ainda como chuva. Como a Diana postou no Instagram. Como finalizo esse desabafo bem mais doce que o antigo, mais nostálgica e grata pelas mensagens recebidas. Tinha tanta empatia e sinceridade nelas que adicionei aqui. Obrigada. De verdade.
Confesso que não consegui identificar o anônimo, e espero que esse meu agradecimento chegue até você de alguma forma.
A rainha sempre estará por aqui. Nem que seja atrás de uma porta pesada no alto da torre com preguiça ou trabalho demais para sair. 



Espero que as coisas tenham se ajeitado por ai, Imperatriz. Obrigada pelo carinho e presença.


Lady Alice, espero que tenha tido algum alento e alívio com todos os problemas. E que a vida esteja um pouquinho mais fácil.

Lady Sherla, espero que tenha encontrado um ponto de equilíbrio e que sua tenha o sucesso que merece.

Lady Érika, muito obrigada pelas doces palavras e pela presença. A parceria já tem mais de 5 anos! Sábias palavras, parte da serenidade atual veio delas.

Lady Michelly, calma. Definitivamente estou me apegando a essa palavra para vários aspectos da minha vida. Obrigada!

Lorde Beto, sabe quando você cansou de tudo e acabou escrevendo para ver se funcionava? Foi mais ou menos o que tentei fazer aqui. Funcionou. Fiquei bem mais leve, e agora, talvez, seja capaz de tocar isso aqui. Obrigada!

Olha, muito obrigada. De verdade. Youtube não é bem o que eu gosto, sabe? Tenho uns problemas de timidez hahaha e não sei se me encaixaria nisso. Pode ser que acabasse no mesmo dilema de público que cheguei aqui há algum tempo. Está parcialmente curado (espero), e tentarei manter o Castelo d alguma forma. Acredito que a plataforma tenha os dias contados, é difícil concorrer com youtubers e a facilidade que a estrutura proporciona. Talvez eu seja das antigas... Espero que possa ver essa publicação.







Leve este post a outro reino:

1 comentários:

  1. Saudações Rainha, fico feliz que meu comentário a tenha ajudado de alguma maneira. A vida continua cada vez mais corrida, com estudos e trabalho, o "tempo livre" acaba sendo tomado pelos afazes dessas duas vertentes. Meu blog, coitado, mal começou e já tive que publicar um anuncio de ausência. Me identifiquei com o que disse "vou escreve por mim" sem esperar tanto retorno. Estou com o mesmo pensamento. Espero vê-la em breve nos Castelo. Saudações do Reino de Harmonia!!

    https://smslivroseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir