Segredos do Reino

||

Livro: Segredos do Reino #1
Autor: Lucas Hargreaves
Editora: Novos Talentos da Literatura Brasileira (Novo Século)
Sinopse: O que uma princesa, um comerciante sem sorte, uma pintora excêntrica, o líder de uma quadrilha, um monge amnésico e um homem depressivo com apenas dez centímetros de altura têm em comum? Bem, por ora apenas um único objetivo: desmascarar o perverso rei Clausius perante a população do reino, destronando-o de uma vez por todas. Conseguirão eles lidar com todos os obstáculos que atravessam seu caminho, incluindo o próprio exército real?
Acompanhe as aventuras (ou desventuras?) de Clarissa e Miguel, e embarque em uma narrativa ágil e surpreendente, repleta de conflitos, suspense e reviravoltas que o farão repensar se tudo é mesmo o que parece ser. Desbrave os territórios mais longínquos de Merquillian, e desvende as conspirações e artimanhas de Clausius, que, até então, eram segredos do reino.

"Há peças demais no xadrez. É hora de chacoalhar o tabuleiro." - Rei Clausius.
Skoob
Onde comprar



Saudações nobres,

A primeira crítica depois desse tempo todo afastada será da obra de Lorde Lucas: Segredos do Reino. O livro foi cedido em parceria com o autor e é mais um da remessa cheia de amor da Bienal do Livro de Minas Gerais (se estou atrasada nas resenhas: sim ou claro?).






“A vida é muito imprevisível.”



A primeira instrução para entrar no jogo – porque não há outra argumentação válida: o autor construiu um belíssimo jogo de xadrez nas páginas de Segredos do Reino –, é que estejas preparado para um banho de sangue. 

Foi uma resenha difícil de articular, uma vez que os acontecimentos se intercalam de forma insana. 

O rei Clausius assumiu o trono de maneira abrupta e trágica: sendo o caçula, tomar a coroa seria um tanto improvável. Nada que um bom plano, aliados e artimanha não fossem capazes de realizar. O ponto é que o rei mantém a máscara angelical e esconde o demônio da maioria da população. Clausius é, na melhor interpretação da palavra, sádico.

Clarissa, sua sobrinha fora criada com todo carinho que alguém como ele é capaz de dispor. Pelo que pode ser observado, no decorrer da leitura, aparentemente o afeto votado à princesa é legítimo. A menina é solitária, curiosa e bondosa, além de linda e capaz de arrancar sorrisos até dos membros atormentados da corte do Rei Clausius. 

Distante da vida majestosamente opressora do castelo, Miguel vive calmamente dos rendimentos de seu antiquário/museu. Órfão, o garoto fora criado por amigos de seus pais, Abraão e Amélia.

Eis que um acontecimento desencadeia os fatos e lança o destino dos personagens centrais em veredas nunca imaginadas. Miguel segue a figura paterna, até o castelo, para que esse seja capaz de esclarecer um absurdo cometido pelo rei. Diante da audácia no homem, Clausius age da maneira costumeira em relação a seres inferiores a si. Acontece que Clarissa vê todo o desenrolar da cena e abre seus olhos para a verdadeira essência do tio. 

É então, que de fato, o leitor é introduzido numa sequência de fugas, intrigas e muito sangue. A Rainha óbvia e habilmente esconderá os demais detalhes de vós, os instigando de forma veemente a abrirem o quanto antes o livro. 

“Segredos do reino”, literalmente esconde segredos por todas as arestas possíveis. O Rei será surpreendido por aliados há muito desaparecidos, assombrado por lembranças esquecidas e queimadas. Personagens secundários com ares de protagonistas se farão presentes e ainda assim, faltará fôlego para todos os intentos presentes na obra. O mais impressionante, além dos capítulos relevando detalhes do passado, é que o primeiro volume é uma introdução rica dos verdadeiros acontecimentos. A maioria das intrigas e maquinações não se concluem aqui, e a vontade de “extrair os órgãos” do autor será verdadeira. Não faltarão descrições – nada enfadonhas – que vos transportarás para outros tempos, onde contos de fadas não estão assim tão distantes.

Como afirmado no início dessa resenha, Lorde Lucas soube posicionar suas peças formidavelmente no tabuleiro, resta saber se o leitor será capaz de prever a próxima jogada! Asseguro-vos, no entanto, ser imprescindível acompanhar de perto o desenrolar da partida. 





2 comentários:

  1. Olá, Ana.
    Muito boa a resenha, ainda não conhecia esse livro e me pareceu muito interessante.
    Adorei o seu blog, já estou seguindo.

    Bjs
    Jéssica
    Blog Reviewing

    ResponderExcluir
  2. Amei a crítica e fiquei bem intrigada.
    Tanto os personagens quanto a história parecem ser muito interessantes.

    Beijos

    Blog Okay - http://goo.gl/543XMQ

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...