O caminho certo

||
Livro: O Caminho Certo
Autora: Ana C. Martines
Editora:
Avaliação: 8
Sinopse: Até onde a morte pode mudar a vida de uma pessoa? Paloma sempre teve tudo o que quis, até ver ser mundo desmoronar no dia em que sua mãe comete suicídio. Na longa busca pela superação conhece Ricardo, um rapaz intenso, pronto para virar sua vida de cabeça para baixo. Ela é mimada, ele não quer entregar seu coração novamente. No entanto, ambos carregam cicatrizes do que já viveram. Um romance trágico e improvável. Qual será o caminho certo? Um grande amor é capaz de curar um coração partido?






“A recordação da felicidade já não é felicidade; A recordação da dor ainda é dor.” – George Lord Byron
Lady Ana C. Martines apareceu no Castelo, divulgando a sua obra. A autora foi tão delicada e encantadora que em menos de algumas horas o livro já estava aberto no celular.
Na entrevista postada após a crítica, Lady Ana, já afirma que o segundo volume está em desenvolvimento e que em breve teremos "O caminho certo" em publicação física!

Paloma é a típica princesa, popular e perfeita, e também uma casca vazia. Família perfeita, casa perfeita, conta bancária perfeita, seria uma pena se de uma hora para outra o castelo de cartas ruísse. A única pessoa que enxerga além daquilo tudo que ela se tornou é sua mãe, o que fazer então, quando a âncora moral desaparece? Paloma se vê completamente sozinha, sem qualquer lugar para se esconder do monstro que é e sem um colo para chorar.
Uma luzinha no final do túnel aparece, na forma do doce Miguel, ele já tem nome de anjo, leve isso em consideração e complete com a atitude completamente angelical do garoto. Mas o ponto forte aqui não é Miguel, o grande problema, com alto libido e envolto em músculos é Ricardo – irmão mais velho do garoto anjo. Além dele, Paloma descobrirá em Fernando alguém fundamental para firmar seu corpo.

Olhei para o lado e encontrei Paloma adormecida, completamente enroscada em mim. Sua cabeça relaxava no meu ombro, uma de suas pernas estava sobre a minha com a coxa perto demais da ereção matinal. Que porra de ereção matinal que nada, a garota estava com a coxa nua quase no meu colo, e eu queria culpar a vontade de fazer xixi? 



Esse é Ricardo, sendo verdadeiramente Ricardo! Ele tem os seus motivos e a autora soube dosar bem suas investidas e desejos. Sem descrições desnecessárias.
E o que equipara esses personagens é a bagagem emocional que trazem. São duas pessoas altamente machucadas, ressentidas e complicadas. Aparentemente a desgraça os atrai, de forma física e palpável, densa do tipo que ocupa todo o cômodo – o quarto de Ricardo talvez... –.
No decorrer das páginas, Paloma amadurece e se transforma, por meio de um diário escrito desde a gravidez, sua mãe conta tudo que viveu e o que espera que a filha se torne, mostrando-a de forma dura e ao mesmo tempo doce, alguns valores sobre a vida, e quais os pontos Paloma deve se ater para ser uma “pessoa boa”. A menina enfim, tinha salvação como previra sua mãe. Ricardo é do tipo que surpreende, não se imagina as coisas que ele pode fazer ou dizer, não fazem sentido, mas no final são sem sombra de dúvidas apaixonantes. E é claro que acabarás a leitura irrevogavelmente apaixonada por ele.

E sorri. Ele. Simplesmente. Sorri. É neste instante que meu mundo desaba.

Em determinados momentos é impossível imaginar que os personagens sejam capazes de curar as feridas, ou fechá-las por tempo suficiente. A dor está em todos os lugares e pode afetar qualquer ação. É exatamente a dor e o medo de senti-la ainda mais forte que leva Ricardo a fazer a maior burrada da sua vida, e eis que o coração do pobre leitor se quebrará!
Os capítulos finais vos farão segurar a respiração sem que nem se dê conta disso, só perceberás quando começar a soltar o ar, dolorosamente.
É um livro rápido, fluído e terminará cedo demais. Os demais personagens são importantíssimos para a trama e para as atitudes dos personagens, porém, o foco é no casal. Na continuação do livro, teremos então oportunidade de conhecer melhor Miguel, o eterno garoto anjo e sua melhor amiga, que na opinião geral, deve ter um lugar mais especial do que já tem.

Desde a morte da minha mãe, nunca mais havia chorado. Por que a dor parecia dez vezes pior agora? (...) Sem ela, nada valeria a pena.







Saudações Lady Ana, como primeira pergunta, gostaria de saber mais sobre vós: o que faz, o que fez e de onde veio a inspiração para escrever?
Olá! Primeiramente, é um prazer estar aqui neste cantinho tão lindo! <3
No momento, curso Linguística na UFSCar e estou começando a minha profissão como revisora. E, é claro, realizando o sonho de ser escritora! Minha inspiração para isso veio dos milhares de escritores brasileiros maravilhosos que acabei conhecendo com o meu blog (Vício em Livros). Acho que ver alguém mais perto da minha realidade sendo capaz de escrever um livro, me deu aquele empurrão para começar logo!

A dor presente em "O Caminho Certo" é bem marcante, principalmente levando em consideração os fatos que giram ao redor dos protagonistas. De onde veio a ideia de abordar o tema dessa forma?
Ual. Bom, no começo, sabia que queria algo bem marcante. Tinha acabado de ler As Batidas Perdidas do Coração, da Bianca Briones, e queria tocar alguém na mesma maneira que ela havia me tocado. Acho que as situações vividas pelos personagens vieram com o tempo... Não consigo lembrar de nada que me deu a ideia de escrever sobre o suicídio, ou sobre a perca de um ente querido. Só queria ser capaz de transmitir essa dor :)

Os autores brasileiros passam por muitas dificuldades até serem reconhecidos e terem apoio. Como foi o seu caminho até "O Caminho Certo"? Há previsão de lançamento da versão física do livro?
Sim, desde quando comecei já sabia que seria um longo caminho! Antes de terminar o livro, as únicas pessoas que liam era as minhas beta-readers. Quando terminei todas as revisões e me senti segura para começar a publicá-lo, comecei a postar no Wattpad. Confesso que foi uma experiência, mas não sei se repetirei. Logo depois, publiquei na Amazon. Essa sim foi uma experiência que pretendo repetir muitas vezes! O lugar é maravilhoso e o publico é grande!
Estou assinando contrato com a Editora Angel, e tudo indica que lá para Agosto, no máximo, o físico estará sendo publicado. Imagine a minha ansiedade!

Ao final do livro, temos o gancho para a sua continuação, há data prevista? E claro, pode nos adiantar alguns detalhes?
Comecei a escrever a continuação essa semana! É incrível poder evoluir a história de alguns personagens... E posso adiantar: teremos um pouco mais de Paloma e Ricardo! Estou louca para revê-los! Adianto também que teremos tanto drama quanto nesse primeiro livro.

O que podemos aguardar para 2015? Há outros projetos?
Para 2015... Acho que só o livro físico mesmo. Essas coisas levam tempo. Mas acredito que ainda esse ano termino a continuação, e no começo de 2016 ela será publicada.  Mas... Tudo pode mudar, né? Rs.

Quais são seus gêneros literários preferidos e o que está lendo no momento?
Meus gêneros literários favoritos são Romances e New Adults. Sou de fases... Tem hora que quero ler um Nicholas Sparks ou uma JojoMoyes... Tem hora que fico nos mais leves e me aventuro pela Carina Rissi e BellaAndre! Tendo romance está ótimo <3 No momento estou lendo Fingindo, o segundo da série escrita pela Cora Carmack.

Para vós, qual a importância dos blogs literários para a literatura nacional?
Bom, como também tenho um há dois anos, estou dentro desse mundo e sei como os blogs literários influenciam na hora de o leitor escolher a sua leitura. Na minha opinião, os blogs literários são a melhor forma de divulgação de um escritor. Sou apaixonada, não poderia ser diferente, né? Rs.

Gostaria de deixar alguma mensagem para os nobres leitores?

Gostaria de agradecer todo carinho que estou recebendo dos leitores! Sério, cada comentário me emociona um pouco mais, e me faz perceber que sim, estou no caminho certo. Esse livro significa muito para mim, e espero transmitir esse turbilhão de sentimentos para vocês. Obrigada por tudo! 

3 comentários:

  1. Olá nobre rainha,
    É muito engraçado, ontem eu estava conversando com o Paulo do Estante Jovem, e disse a ele que não iria mais ler nada do gênero romance, pq, como sabe, sou uma grande apaixonada por terror, suspense e cia.
    Mas senti uma paixonite por essa história, sua resenha me envolveu por completo e a entrevista foi a cereja do bolo. Necessito desse livro, quero conhecer o Ricardo, quero sofrer com os personagens... e claro, quero ficar ansiosa pela continuação rsrsrs.
    Beijos rainha,
    De sua súdita,
    Bia
    http://www.aculpaedosleitores.com/

    ResponderExcluir
  2. Olá linda!!!

    Não tenho palavras para definir quão emocionada a sua resenha me deixou! A maneira como você descreveu a história, como você definiu os personagens. Só tenho a agradecer pelo enorme carinho <3

    Beijos <3

    ResponderExcluir
  3. Olá,
    eu não conhecia essa autora, mas já vi a capa do livro, depois da resenha, meu deu vontade de ler.
    Amo romance e esse com certeza vai entrar para a listinha.

    beijos
    conchegodasletras.blogspot.com.br
    www.facebook.com/conchegodasletras

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...