Assassins’s Creed – Bandeira Negra

Livro: Assassins’s Creed – Bandeira Negra
Autor: Oliver Bowden
Editora: Galera Record
Avaliação: 8



"Que o inferno que você encontrar seja obra sua."
Yo ho, yo ho, a pirate's life for me




Foi inevitável cantarolar essa frase em várias passagens do livro... Sempre gostei de piratas, e um dos meus melhores contos era sobre piratas – o conto se perdeu no tempo –. Vamos ao que interessa: Edward Kenway. Acho que todos os protagonistas são um pouco ou muito inconsequentes, malandros e mulherengos. Edward está num patamar acima dos outros... A vida de criador de ovelhas nunca lhe fora grata, mas com o tempo se tornou um fardo impossível de suportar. Olhando para o cais e dele para o mar, o jovem sabia o que queria. E procurou por isso. Ou antes, com alguma dificuldade foi imposto que nunca mais voltasse a Bristol ou a situação seria ainda mais penosa para si e os seus.
Não se importando com as feridas que deixara par trás, buscaria a sua fortuna como corsário e então voltaria para consertar as coisas e se vingar – parece que vingança é um ato recorrente na vida dos assassinos –. O que ele não imaginou foi a trégua entre ingleses e espanhóis e o fim da sua curta carreira. Como a maioria dos que viviam do corso, Edward se viu com poucas esperanças que não fossem algo como erguer uma bandeira negra no seu navio e buscar livremente por seus dobrões de ouro. O que seria da vida de alguma pessoa normal sem um Templário para atrapalhar? Não seria diferente aqui, com eles mais uma vez querendo dominar o mundo e disseminar a “sua forma de verdade”.
E então o nosso querido Edward, teve como mestre nada mais nada menos que Edward Tratch, o que para variar me fez ficar imensamente feliz. Não só pela presença desse pirata renomado, mas de todos os outros! Eu já sabia a maioria da história deles e recomendo para os leitores futuros: procurem saber, as informações dão uma visão bem privilegiada das personalidades da maioria dos personagens reais apresentados por Oliver.
Por mais que ele pense em voltar para casa, acaba afundando sempre nas garrafas de rum... Não é um bom exemplo e não é um assassino, ainda.
Menos foco na vingança, maior ênfase no misterioso Observatório. Edward empreende várias viagens para enfim encontrá-lo, ser traído por alguém que não esperava e se ver à deriva com um inimigo. Mas lembre-se, tudo sempre pode piorar. E piora!
De todas as mortes, senti umas poucas. Mas a dela, como doeu, daquelas que você sente como se fosse alguém querido há muito tempo e que fazem os cantos dos olhos ficarem úmidos. Acho que vi mais sangue nesse livro do que no outro. Mas não me incomodou, em certos momentos eu mesma fiquei com vontade de matar os personagens sob muita tortura!
Sigamos em frente. Algumas palavras para mãe de Edward: espero que você morra lente e dolorosamente.
Ninguém merece ouvir determinadas palavras, por maior que seja a sua culpa ou o seu rancor para com ele. E aquelas deveriam ter ficado para sempre trancadas bem fundo na mente, não pairando no ar como praga.
Há fatos surpreendentes no final, e cheguei à conclusão tendo lido o segundo livro da série Assassin’s Creed (fora da ordem) é que os protagonistas não ficam realmente felizes no fim... Ou assim me pareceu.
Quando acabei o livro, me peguei analisando a mudança de personalidade do Edward, tudo ao seu redor se transforma, mas mais do que isso, ele é outra pessoa no final. Alguém capaz de lidar com problemas impensáveis antes, de buscar por paz e finalmente fixar-se em terra firme. Em um lugar que passará a chamar de lar.
Personagem preferida de longe é a Mary Read, acompanhada bem de perto pela Caroline e Anne Bony. Elas são confiantes, fortes e mulheres muito a frente de seu tempo.

Mesma recomendação do livro anterior: “para os fãs dos games e para os não fãs que tenho certeza que se converterão.”

A avaliação de 8, não se deve somente ao livro. Dei 9 para o Renascença, e seguindo critério dele avaliarei os demais. Gostei menos desse do que do primeiro. Não que faça dele um livro pior, são apenas diferentes.




Obs.: O meu amado rei consorte Fernando, se viu numa situação complicada. Eu gostei imensamente das duas fotos minhas com livros, e pretendo seguir essa linha daqui para frente. A complicação da vida dele é ser o fotógrafo de uma Rainha exigente!

Leve este post a outro reino:

18 comentários:

  1. Adorei a resenha, fiquei mega curiosa. Não conhecia esse Livro, e nunca li nada de Piratas. Parece ser bem interessante.
    P.S: Eu adoro suas fotos e seu cabelo é Maravilhoso ;)
    Beijos
    http://aculpaedosleitores.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Taty, se você nunca leu nada sobre piratas vai adorar esse. É um ótimo para o começo!

      Ah! Muito obrigada <3

      ♛ Queen Reader agradece a sua visita ao Castelo!

      Excluir
  2. Respostas
    1. Obrigada!

      ♛ Queen Reader agradece a sua visita ao Castelo!

      Excluir
  3. ótima resenha, primeira vez que vejo um livro de piratas, parece muito interessante!

    bjs
    whoisllara.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Lara!
      É bem interessante, quando puder, leia-o. Não se arrependerá!

      ♛ Queen Reader agradece a sua visita ao Castelo!

      Excluir
  4. O livro parece bem interessante. Gostei da resenha.

    Te indiquei em uma TAG lá no blog, confere aqui Tag - Livreando

    Bjim!!!

    Tammy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo elogio e pela Tag! Já até fiz Tammy!

      ♛ Queen Reader agradece a sua visita ao Castelo!

      Excluir
  5. Estou doida para comprar os livros da série.
    Parece ser o tipo de história que prende a atenção, e eu adoro isso! hehe
    Ótima resenha!
    beijos

    Aline
    literalizandosonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A série é muito boa mesmo Aline! Eu tenho os livros picados mas acho que logo completo a coleção.
      É sim, você não consegue soltar o livro. Fica naquela de "só mais um capítulo e eu vou dormir"

      Obrigada!

      ♛ Queen Reader agradece a sua visita ao Castelo!

      Excluir
  6. Esse livro parece ser muito bom mesmo, minha amiga ganhou ele ontem de amigo secreto, vamos ver se ela não me empresta ne ? kkk beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tomara que ela empreste!
      Depois vem me contar o que achou dele!

      ♛ Queen Reader agradece a sua visita ao Castelo!

      Excluir
  7. Esse livro parece ser muito bom mesmo, morro de curiosidade de ler essa série.
    Adorei o blog, seguindo.
    Dá uma passadinha lá no meu, e se puder segue tbm.
    Bjs,
    http://umviciadoemlivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Felipe, leia quando puder! Os livros são ótimos.
      Seguindo de volta!

      ♛ Queen Reader agradece a sua visita ao Castelo!

      Excluir
  8. Oi,

    ótima resenha! Li apenas o primeiro livro de Assassins’s Creed e estou louca pelos outros!

    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Ana Luiza!
      A série é realmente muito boa! Quando tiver lido esse vem me contar o que achou!

      ♛ Queen Reader agradece a sua visita ao Castelo!

      Excluir
  9. Tem tag para você no AL: http://amolivrosdeverdade.blogspot.com.br/2013/12/2-tag-6-livros-para-ler-nas-ferias.html

    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Indo lá ver Eduarda!
      Obrigada!

      ♛ Queen Reader agradece a sua visita ao Castelo!

      Excluir