A Fera

||
Livro: A Fera
Autora: Alex Flinn
Editora: Galera Record
Avaliação: 7

“Eu disse “meu amor”? Eu?”

Agradecimentos à Bia Gonçalves do A culpa é dos leitores.
Achei interessante a releitura de “A Bela e a Fera”. Nunca foi uma das minhas histórias preferidas até recentemente... Então quando vi a resenha, consegui o livro e li no mesmo dia. Ele é pequeno, não tomará muito do seu tempo.
Sobre o nosso querido mocinho que poderia ser facilmente vilão – no início - não me admira que alguém tão puramente mal merecesse um castigo desses, por mais bonito que seja ou por mais dinheiro que tenha, ninguém deve tratar os outros de tal maneira. O garoto loiro sabe como ser cruel!
O raro gesto gentil, quem diria, pode transformar e transformar de novo a sua vida. Kyle decididamente aprendeu as coisas do modo difícil. Principalmente a conquistar as pessoas pelo que é. O mais difícil talvez tenha sido a possível rejeição da primeira pessoa que amou. A forma delicada e quase doentia com que ele se entrega às rosas assusta e fascina, vejo-as como escape para toda a tortura física e moral.
O que me conquistou mesmo foram os pequenos e lentos passos dele em direção a alguém contrário ao que era. Até alcançar a Lindy, o cuidado ao falar, agir e pensar. Já ela é normal, uma pessoa boa que se preocupa com os outros e que sempre viveu quase no inferno.
Para Kyle deve ter sido complicado tentar conquistar alguém – nota-se discreta imposição nesse conquistar – sem usar da arma que era mais recorrente: sua beleza.
Em relação aos outros personagens... Will é um caso à parte! Adoro todas as tiradas dele, e o sarcasmo. Não tem escapatória ao carinho dos leitores. Kendra consegue surpreender um pouquinho no final, mas não a achei excepcional. Assim como o livro em geral, ele é bom para passar o tempo. Não é sensacional.
Então sim, eles formam um casal simpático, e não muito distante daquilo que os românticos incorrigíveis querem ver.
Eu ri bastante da ideia de uma sala de bate- papo entre seres encantados e/ou amaldiçoados, os diálogos ora cômicos ora dramáticos acrescentam um toque especial, além da escolha dos personagens, e obviamente também de quem preside o chat, uma jogada de mestre.

Para finalizar, uma leitura rápida e para os corações que pedem romances? Esse será sem dúvidas uma boa escolha.

“...e mesmo que a gente não veja, há mágica no mundo.”








Momento desabafo: QUE FILME HORROROSO É AQUELE? Pelo amor! Fiquei pasma do primeiro minuto ao último. E feliz por não ter visto o filme antes de ler o livro. Gente, eu achava que a pior adaptação para o cinema eram os filmes de Percy Jackson, mas esse empata fácil!





15 comentários:

  1. Poxa vida, eu só vi o filme até agora e gostei muito!
    Estava querendo o livro justamente pelo filme, que bom que o livro é melhor então, rs.

    depoisdeumlivro.blogspot.com
    espero sua visita (:

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O filme isolado não é ruim. O problema é compará-lo ao livro, ai a situação fica muito complicada. As as duas obras separadas são boas.

      ♛ Queen Reader agradece a sua visita ao Castelo!

      Excluir
  2. Nem sabia que existia o livro, sou muito desinformada hahaha. Só conhecia o filme, mas nunca parei pra ver. Agora fiquei curiosa, vou procurar o livro pra ler!
    Beijos,
    http://gotas-de-fogo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia o livro Fernanda, é leve e bom!

      ♛ Queen Reader agradece a sua visita ao Castelo!

      Excluir
  3. O filme ainda não assisti, mas o livro sou doida para ler!
    Adoro a história!
    beijos

    Aline
    literalizandosonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim Aline! Se você já gosta da história vai gostar desse livro também!

      ♛ Queen Reader agradece a sua visita ao Castelo!

      Excluir
  4. Eu gostei muito do filme :S mas não li o livro e acho que vou nem ler pra não ficar com raiva depois kkkkkk Mas adorei a resenha!

    Beijo,
    Mariana - Blog Portão Azul ( http://portaoazul.blogspot.com.br/ )

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. huahauhauahauhau É o que eu disse, um sem o outro é bom. A comparação é que faz o filme ficar "ruim"
      Obrigada Mariana!

      ♛ Queen Reader agradece a sua visita ao Castelo!

      Excluir
  5. Eu gostei bastante do filme, nem sabia que tinha o livro, se é tão diferente assim acho que nem vou ler, adorei a resenha!

    bjs
    whoisllara.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Lara!
      Sim, se você gostou do filme o livro seria um pouco desilusório ><

      ♛ Queen Reader agradece a sua visita ao Castelo!

      Excluir
  6. Li A Fera nas férias do meio do ano, também gostei bastante do livro. A sala de bate-papo é de longe a melhor parte hahaha.
    Adorei o seu blog, é lindo demais! Estou seguindo, viu? :) Beijo!

    http://livroscomchadastres.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, é a melhor parte, além de ser a mais divertida!
      Obrigada Gabriela, seguindo de volta!

      ♛ Queen Reader agradece a sua visita ao Castelo!

      Excluir
  7. Quanta honra! Vc sabe o qto nos sentimos felizes qdo incentivamos alguém a ler um livro, é uma emoção, que só nós blogueiras literárias conhecemos, não é mesmo. Eu que agradeço a vc por ter dado um pouquinho do seu tempo, visitado o blog, e ler minha resenha.
    Amei sua resenha.
    Beijos,
    aculpaedosleitores.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente Bia! A emoção de saber que algo que lemos influenciou outra pessoa é mágica!
      Eu que agradeço Bia!

      ♛ Queen Reader agradece a sua visita ao Castelo!

      Excluir
  8. Olha, eu vou te dizer o que eu sempre digo para os fãs de Percy Jackson: "O problema não é ele, é você..."
    Brincadeirinha. Mas, na maioria dos casos, o filme é excelente, só não é uma boa adaptação do livro...
    Enfim, eu vim aqui para elogiar sua resenha, tipo assim, depois que eu terminei A Fera, eu fiquei praticamente sem palavras. Mas você conseguiu resumir minha opinião muito bem, então muito obrigado.
    Um fator que eu gostaria de acrescentar é que, mesmo ele sendo absurdamente malvado no início do livro, ele ainda é uma adolescente normal que enfrenta seus próprios problemas. O pai, por exemplo.
    Bjs, Júlia
    naosepreocupecomisso.blogspot.com

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...