A Once Upon a Time Tale – Despertar

||
Livro: A Once Upon a Time Tale – Despertar
Autora: Odette Beane
Editora: Planeta
Avaliação: 8

Para quem assistiu a primeira temporada da série não haverá grandes surpresas. Até mesmo os diálogos estão praticamente todos na íntegra. Mesmo sabendo que o livro foi feito com total base na série esperei que tivesse alguma coisinha a mais, qualquer detalhe que tenha ficado para trás. Mas não. Eu parei na primeira temporada, mas reconheço que depois dessa leitura, retomarei.
Ainda assim, eu gostei bastante do livro. Sempre achei a ideia de trazer os contos de fadas para a realidade interessante, e aqui temos uma visão diferente dos vilões. Eles têm motivos para serem maus, vis e cruéis, um respaldo que pode ocasionalmente os livrar dessa visão tão obscura. Talvez por isso tenha me apegado tanto a Regina e ao Rumpelstiltskin.
A Regina é... Perfeita! Não tenho outra palavra para ela. Todo o misticismo ao redor dela, e a postura dura e imponente, literalmente A Rainha Má. Aquela que moverá céu e terra para buscar a sua vingança. E lá no fundo, onde ninguém além dela poderá ver, repousa uma mulher diferente do que aparenta. É emocionante literamente viajar pelas memórias dela, entender de onde vem esse ódio, profundo e eterno.
E não gosto da Mary Margaret/Branca de Neve. A personagem me irrita em vários pontos. Não sei dizer exatamente onde ou porque, eu só não gosto dela, no geral. A Emma pelo menos toma iniciativas e me faz rir em vários momentos. Também gosto da Chapeuzinho Vermelho e da releitura da história dela.
O primeiro livro / primeira temporada é o início da jornada para libertar os personagens de contos de fadas da cidade de Storybrooke, onde a Rainha Má hoje prefeita reina absoluta.
A maldição foi lançada no dia do nascimento de Emma, filha da Branca de Neve e do Príncipe Encantado, a única, segundo a profecia capaz de salvar os habitantes mágicos.
Quem a “transporta” é o pequeno Henry, filho que Emma deu para adoção e que foi nada mais nada menos que adotado por Regina. A vida da moça, com 28 anos, não era fácil. Ela se sentiu sempre sozinha, diferente do todo o resto e deslocada. Talvez seja pelo fato de não pertencer realmente a esse mundo. Mas alguém realmente a escutou, ou o poder da profecia se manifestou. Seja qual for o motivo, ao soprar a sua vela de aniversário e desejar o fim da sua solidão, eis que a criança aparece.

Para quem não conhece mesmo a obra, o livro será repleto de surpresas, de altos e baixos, de ódios e amores. Difícil de largar antes das últimas páginas. E quando acabar, corra para ver a segunda temporada. O livro terá continuação, segundo as informações e deve seguir a mesma linha desse: um compilado do que a série é.

Não gostei muito da capa, pelo que é imaginei algo mais rebuscado e mágico.

Recomendo para os alucinados por contos de fadas, será uma diversão imaginar quem é quem; para quem já viu a série e para os que não a viram.
Tenho certeza que depois de ler será inevitável assisti-la.





6 comentários:

  1. Adoro "Once Upon a Time". Com esse releitura dos personagens,parece que dá pra entender melhor o porquê de cada um ser o que é!!
    Será umas das minhas próximas aquisições de livros!!!

    Beijos
    Eu estou ansiosa por "X-Men" e " A menina que roubava livros"
    =)

    http://literalizandosonhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo Luciana!
      Além da série ser linda, o livro mesmo que reconte o que aconteceu deixa mais tempo para entendermos o passo a passo de cada um. E os seus motivos.
      Quando terminar o livro volte para me dizer o que achou!


      Somos duas! "X-men" é amor, já a "A menina que roubava livros" confesso que não sei se verei no cinema, serão lágrimas demais...

      ♛ Queen Reader agradece a sua visita ao Castelo!

      Excluir
  2. Acompanho "Once Upon a Time" e com toda certeza a primeira temporada foi a melhor. Quando saiu o livro fiquei bastante curiosa a respeito, mesmo sabendo que seria bem semelhante a série.
    Gostei dos seus comentários e é um pena que a oportunidade de tornar a obra mais rica
    não foi aproveitada

    http://numrelicario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo Erika. Poderiam ter aprofundado mais, algumas outras perspectivas, só para alimentar a nossa imaginação...

      ♛ Queen Reader agradece a sua visita ao Castelo!

      Excluir
  3. Essa série parece ser legal. Já me falaram muito dela, vou tentar acompanhar (=

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vitoria, se puder acompanhe mesmo! Principalmente se você gostar de contos de fadas!

      ♛ Queen Reader agradece a sua visita ao Castelo!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...